svg

We build your dream

    Tathiana

    / 19 de fevereiro de 2020

    Olá Dr. Todd,
    Sou filha de um proprietário com dificuldades e venho expor nosso caso com algumas dúvidas.
    Meu pai é alcoólatra, não trabalha há mais de 20 anos, mora em um apartamento avaliado em 241.000,00, fruto de herança, está em usufruto da minha avó, 93 anos que encontra-se em casa de repouso. Este ano móvel possui dívidas de IPTU e condomínio totalizando 80.000,00
    Tomei ciência a pouco tempo de que este apto já vai para 3ª tentativa de leilão por dívidas de condomínio e IPTU.
    Algumas dúvidas:
    1-Se pelo fato dele ser alcoólatra, atestando incapacidade, existe algum benefício que aplicar ao caso?
    2-Em caso de venda muito abaixo do valor avaliado pode ser considerado vil?
    3- em se concretizando o arremate, ele tem direito a receber a diferença entre o valor e a dívida?
    4- meu pai tem 60 anos e os irmãos dele me procuraram alegando que ele é minha responsabilidade e ameaçando me acionar para recebê-lo em minha casa caso haja o despejo, isso procede?