svg

We build your dream

    nilton

    / 23 de setembro de 2019

    bom dia,
    fiz uma arrematação num processo de execução fiscal, expedida a carta foi negado o registro por conter a matricula averbações de indisponibilidade. comunicado o juiz, nesse interim, houve a arrematação do mesmo imovel na justiça do trabalho, e mediante mudança nas normas da corregedoria o segundo arrematante conseguiu efetuar a averbação e emitir-se na posse. ou seja, paguei e estou sem o imovel.
    os valores ainda não foram repassados para a fazenda, e segundo o juiz é necessário ação autonoma.
    contra quem? a Fazenda?

    grato,
    Nilton