svg

Todda - Consultoria Imobiliária Integrada.

    EMERIEIDE FRANCO 

    / 8 de setembro de 2016

    tenho uma  ação  de  despesas  de condominio  atrasados 24 parcelas  o qual  foi julgada  procedente  e agora esta na fase  de cumprimento de sentença, depois  de  varias  tentativas  de  acordo  as  quais  restaram infrutíferas  sendo  que   em julho  foi  remetido  ao contador  para   apresentar  os cálculos devidos  até   julho 2016. o contador  apresentou um valor de 88.352,00  o qual eu concordei  e  que fosse  dividido  em 48 parcelas c/juros  de 1% + 2%  de multa. (conf. sentença)  A Exequente  concordou  c/ o valor  + desde  que o valor  apresentado pelo  contador  fosse  aplicado  48% o que  chegou a um  valor de R$ 130.000,00 cujo valor  dividido por  48  parcelas  seria  de  R$ 2.724,00 por mês  acrescidos de  2% multa + 1%  de juros.  Impugnei  alegando  que o executado  concordou em pagar  o valor  de R$ 88.352,00 que  era para dividir  esse  valor  em 48 parcelas . O juiz  disse  que não pode intervir  pois o ajuste deve se dar em comum acordo entre as partes Assim se o executado  não concordar c/a proposta da exequente  deve  depositar o valor integral  de R$ 88.352,00  em 05 dias. Não havendo deposito, manifeste a exequente c/relação ao prosseguimento. O imóvel já esta  penhorado. O executado não tem o valor integral.  .   A exequente c/certeza  vai pedir p/ o imóvel  ir p/ Leilão. O imóvel  pertence  a um casal de idosos os quais são casados em regime  de comunhão de bens  e tem um filho  c/ doença especial.  O  Imóvel não tem dividas  primeira penhora . O  que eu posso fase  nessa fase   do processo, eu sei que qualquer  medida  é  apenas  protelatória.  Essa  ação  esta em andamento desde   2013 . Por favor  Dr.  responda-me  c/ urgencia, pois  o  prazo  de 5 dias  termina em 13.09.2016. 
    Atenciosamente
    Obrigada..